A mulherada no comando do mercado musical.

A mulherada tá dominando esse mundo da música!

Não que isso seja bom ou seja ruim de alguma maneira, mas o mercado tá pra elas.

E tem pra todos os gostos.

Do Pop ao extremamente Pop…

hehehehe.

Vamos lá analisar uma a uma.
______________________________________________________

gaga

Uma das mais pops do momento é a Lady Gaga com sua Applause

Prá falar a verdade eu achei uma mistura estranha desses pop/dance atuais com vocais que lembram muito bandas de pop-rock anos 80/90 como o Heart.

Sei lá, ficou parecendo música para performance de transformista na TV.

Mas vai arrebentar, é lógico. Todo mkt em cima vai dar o resultado esperado.

Ou pode ser só a primeira de um album, que aí sim a segunda vai ser o grande sucesso.

Tipo “vai tocando essa marromeno aí que a bacana vem daqui a pouco”. Até porque é produção do Zedd, que fez pérolas como essa aqui ó:

E também essa aqui:

__________________________________________________________

PerryRoar

Outra mais pop do momento é a Katy Perry com Roar.

Baseada nessa aqui ó:

E o clipe com os Emojis é baseado nesse aqui ó:

Tudo bem que essa idéia de usar Emojis não é nada mega difícil de se pensar, mas sei lá né ?

Bom, a Perry vai arrebentar também. Óbvio.

Musiquinha bonitinha, fácil de fazer remix, tranquila pra tocar em todo estilo de rádios.

_______________________________________________________________

miley

Uma que já tá aí faz um tempinho é a Miley Cyrus com a We Can’t Stop.

Se meus remixes estão com quase 60.000 plays em um e outro com 20.000 plays, imagina a original tocando sem parar…

e também

 

Essa semana bateu segundo lugar no Hot 100 da Billboard. Semana que vem toma o lugar da Blurred Lines.

E já bateu o primeiro lugar na parada inglesa.

Essa então já arrebentou.

Aguardem…

____________________________________________________

Avril

É, até a Avril Lavigne tá de single novo.

Ouça.

Não sei se é nova ou se é mais uma exatamente igual a todas as outras que ela fez…

Mas a idéia do Avrilgram é divertida.

Vai também arrebentar, tem cara de trilha de filme de “verão americano”.

__________________________________________________

Conclusão.

A mulherada, assim como os homens e todo e qualquer ser humano que trabalha no mercado musical, faz música pra vender.

Pouca coisa é “material original, criação minha, fiz de coração”. É tudo estudado. Das letras ao ritmo, passando pela harmonia, os instrumentos e a forma de cantar.

Pesquisa de mercado. Saber o que seu “cliente” quer.

Isso faz vender iogurte, carro, apartamento, música, etc, etc.

Óbvio que existem exceções. Até acredito que a da Miley foi meio aposta num downbeat, a da Perry foi meio “adoro essa música! vamos fazer igual?” e da Gaga foi “acho que os little monsters vão pirar numa pegada assim ó”, e a da Avril foi “tá bom, a gente faz mais uma igual. Mas é a última tá?”. hahahahaha

Uma bela exceção é esse trabalho da Ellie Goulding.

EllieGoulding

Clique nos nomes das músicas embaixo da tela do vídeo pra ouvir um preview de cada uma delas.

Beeeem bonito o trabalho.

Isso eu acho que é uma aposta, uma tentativa de fazer algo novo.

Óbvio também que tem as “babas” no meio pra tocar em todo e qquer lugar, mas o conceito todo é bem bacana.

E você? O que acha disso tudo ?

Tudo de bom,

Billy

 

 

One Reply to “A mulherada no comando do mercado musical.”

  1. […] Já comentei do álbum inteiro da Ellie Goulding AQUI […]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.