ADD_0613

Semana corrida, porém sempre dá tempo de fazer um programet’s.

ADD_0613

[display_podcast]

ZIP

Hoje temos:

Joy Division[bb] – A means to an end

The Police[bb] – Synchronicity II

Prince[bb] – When doves cry

– B-52’s – Song for a future generation

Chris Cornell[bb] – Scream

-Chris Cornell – Climbing up the walls

(aliás, o que vcs acharam desse novo som dele ? Sempre gostei da voz e do som dele, na época de Audioslave[bb] e afins, mas Timbaland[bb] produzindo…. sei lá…)

E prá fechar, a @valeriafla me mandou um moooooonte de músicas de “Temas de Filmes adaptados de HQs”

Então separei algumas e toquei:

Black Sabbath[bb] – Iron Man (do Homem de Ferro[bb], obviamente)

Suicide[bb] – Ghost Rider (do The Crow –  o Corvo, que tem também uma versão de Shadowplay do Joy Divison tocado por-não-sei-quem que é sensacional)

Will Smith[bb] – Men in black (do Homens de Preto)

-Jim Carrey – Swing (d’O Máskara)

Bob Dylan[bb] – The times they are a Changin’ (do Watchmen)

E prá fechar a mais clássica das clássicas de final de episódio de seriado (pelo menos prá mim, que cresci ouvindo isso todo santo dia e vendo o Bill Bixby pedindo carona na estrada sozinho…)

-Joe Harnell – The Lonely Man (tema final do seriado anos 70 Incrível Hulk, com Lou Ferrigno)

Então é isso. Espero que gostem !

Tudo de bom,

Billy.

PS_Ia fazer mais um daqueles posts enormes falando sobre coisas de música, mas ainda não consegui concatenar todas as idéias aqui na minha cabeça. Quando conseguir eu posto aqui explicando, se possivel e conseguível, porquê uma banda que é “exatamente igual” a uma outra faz sucesso e a “outra” não…

 

One Reply to “ADD_0613”

  1. São tantos os motivos. Pode ser Teleto nato, Marketing, Divulgação, Produção (e produtores).
    Mas ‘tio’ Emerson Fittipaldi diz que talento e sorte fazem parte do resultado. Por sorte, também entendo como Merecimento. Ou seja, trabalho.
    Gosto do exemplo clássico dos Beatles: quantas bandas (legais) com o mesmo ‘time’, pagada naquela época. Mas nenhuma fez o que os Beatles fizeram, para eles e para a música pop mundial. Reverbera e repercute até hoje. E por mais uns 500 anos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.