Aurous, ou traduzindo – Nasceu, morreu…

Conhece a “nova plataforma musical que vai resolver todos seus problemas” ?

Aurous?

Não?

Então nem perca seu tempo…

Nem mal saiu, já tá levando processo nas costas e provavelmente vai fechar as portas antes de até ser conhecido por mais gente.

O que faz todo o sentido.

A idéia, inclusive propagandeada por eles, é que o Aurous é o “Popcorn Time para música“.

hahahahahaha

Dá pra entender?

Explico:

Existe uma frase que resume bem isso, em inglês.

There’s no free lunch.

Traduzindo, não existe almoço grátis.

Não dá pra copiar o mesmo formato do Popcorn Time e adaptar para a música sem sofrer processo.

O Popcorn Time já é uma grande sacanagem com relação a direitos. Na teoria eles usam “torrents liberados”, como o cara do BitTorrent disse que eles fazem por lá (leia mais sobre o assunto AQUI).

Mas a gente sabe que não é verdade. Tá lá tudo indexado nos torrents “da galera”.

O mesmo com o Aurous. Tudo indexado lá nos torrents “da galera”.

E é grátis.

E não vai pagar nada pras gravadoras e editoras porque já tá usando material que já paga direitos.

Então, obviamente, toma processo!

As 3 grandes e suas subsidiárias já pegaram no breu.

Vamos aguardar.

aurous_lawsuit1

E vc?

O que vc acha disso?

Quem tem razão?

Vc acha que no futuro todas as musicas do mundo serão grátis?

Já que o futuro é obviamente o streaming, quem vai pagar essa conta?

Ontem mesmo o Aurous, disse que vai contra atacar a RIAA e todo mundo.

Qual carta eles estão escondendo na manga?

aurous_twitter_response

Tudo de bom,

Billy.

One Reply to “Aurous, ou traduzindo – Nasceu, morreu…”

  1. […] O cara lança um serviço de download e streaming ilegal de música. […]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.