Gravando o Podbility

Vejam só.

O Podbility voltou !!!

Sim, o podcast mais querido do meio publicitário está em temporada nova.

Melhor ainda, agora com patrocínio do CPV Vestibulares e do Skub Ad Server.

Prá quem não sabe, nós aqui do Estúdio Mellancia é que fazemos a gravação, edição, masterização e finalização do áudio.

Até a entrega em mp3 para a Bullet é responsabilidade nossa. A versão AAC que vcs também encontram no site do Podbility é de responsabilidade deles.

E como fazemos prá gravar um monte de gente (no mínimo 6 pessoas) numa sala de reunião sem tratamento acústico ?

Bem no começo, quando a Gica ainda tinha cabelo loiro, eram só dois microfones cardióides e um Zoom H4.

E depois, até o final do ano passado, eu usava 3 microfones e o mesmo Zoom H4.

Resolvia, mas não dava 100% a sensação de espacialidade, nem a captação de todas as nuances de voz.

Alguma coisa se perdia.

Vinha muito barulho de fundo, e todo mundo sempre reclamava de um telefone e do burburinho que rolava ao fundo das conversas (por falta de isolamento acústico da sala de reunião e pela distância das pessoas ao redor da mesa, veja foto).

Apesar do resultado final ser bom, ou seja, todo mundo ouvia todo mundo na gravação, ainda faltava uma melhora. Era muita compressão e noise reduction prá conseguir a clareza necessária nas vozes.

Aí comecei a pensar numa forma de otimizar a gravação e a edição. Não só prá ter que limpar menos o áudio, mas prá manter o “clima” da sala o mais real possível, prá quem ouvir se sentir dentro da sala de reuniões junto com todo mundo.

A idéia de microfonar cada um dos participantes é tentadora mas cai nas seguintes barreiras:

-Se fosse microfone de lapela, teríamos um caos operacional e logístico. 1 mesa de som de 6 canais (mínimo), 6 lapelas e uma reza braba prá ninguém bater a mão no microfone, ou a roupa raspar e fazer barulho, etc, etc. Se tivéssemos mais um convidado não teria como captá-lo.

-Se fosse colocar 1 microfone prá cada um seria o mais lógico, mas aí eu perderia toda a nuance da sala, todo o clima do podcast. Além da confusão de fios e mesa de som, etc.

_____________________________________

A solução veio com a Sennheiser.

Expliquei toda a problemática da sala, da distância das pessoas, de tudo isso q vc leu aí em cima, pro Paulo, diretor de MKT para América Latina.

Ele passou tudo pro povo da fábrica na Alemanha.

E me recomendaram e mandaram dois HHB Flash Mics.

O que são os Flash Mics ?

São microfones que gravam os arquivos dentro deles mesmos, numa memória Flash com capacidade para até 18 horas de gravação (em mp3).

Exatamente como uma camera fotográfica digital.

A captação deles é omnidirecional, ou seja, o “desenho” de captação é este primeiro da figura abaixo:

Ou seja, ele capta muito mais som num espaço muito maior do que os anteriores, que eram cardióides (terceira figura da esq. p dir.)

Quem usava muito isso eram os Beatles, prá um olhar na boca do outro e cantar “em sync” enquanto gravavam:

E a disposição dos dois microfones na mesa do Podbility é justamente prá emular um ouvido humano de frente para todo mundo que está falando.

Eu ainda montei um cabo que me manda os dois sons captados em cada microfone nos canais L/R do fone de ouvido.

Assim monitoro tudo que acontece durante a gravação.

Pronto.

Depois é “só” editar, arrumar, cortar, copiar, colar, mixar, gravar as locuções de abertura, montar, finalizar, masterizar e entregar.

Tudo de bom,

Billy.

12 Replies to “Gravando o Podbility”

  1. Muito bom. Parabens Maestro. Kudos. Show de detalhes.

  2. Muito legal o post Billy.

    O mais impressionante do que o trabalho que você tem para colocar o Podbility no ar com a execelente qualidade que o programa possui, é ver a tecnologia desses Flash Mics aí. Que isso!! eles são muito impressionantes cara! E até essa manha de posiciona-los como se fosse um ouvido humano me deixou bem curioso pra saber se influencia muito no resultado final.

    Enfim, estou começando agora a mexer com edição de som e gosto muito dessas tecnicalidades. Mas mudando de assunto… e aí, o que você vai fazer com os Zoom H4? hahahaah faz um sorteio aí pra podosfera ahahha.

    grande abraço Maestro, Sucesso

  3. […] This post was mentioned on Twitter by Neto, maestrobilly, Mafê Bastos, Ale Chumer, Vitor Rodrigues and others. Vitor Rodrigues said: RT @maestrobilly: Podbility #131 no ar! http://is.gd/wfucOc Entenda como é gravado o novo Podbility! http://is.gd/2ZMrYL #podbility […]

  4. Super interessante! Sempre achei ótima a qualidade da captação do Podbility até o ano passado. Estou curioso pra ver como ficou.

    Dia desses estava estudando captação de áudio pra filmagens a partir de uma câmera DSLR e este post complementou o assunto.

    Parabéns pelo trabalho!

    Abraços!

  5. Parabéns Billy! tenho até saudades de gravar um podcast de novo… Abs!

  6. billy, grandes dicas. lá para o combate rock, eu uso o H2, da zoom, mas tem o lance da mesa, o barulho do ar condicionado, nêgo que bate na mesa, estas coisas…

    dar uma fuçada nestas suas dicas aí 🙂

    abs,

  7. Sensacional…
    Vou voltar a ouvir o Podbility…
    Esses microfones parecem serem fantásticos mesmo…
    O resultado deve ser algo bem parecido com os sons Binaurais.
    Já estou na expectativa de ouvir.
    Acho que ele já deve estar na minha lista do iTunes para baixar , ao chegar em casa vou averiguar.
    Abraço.

  8. Billy, procurei na net mas só consegui achar o RSS para iPod do podcast da Bullet.. não funcionou no meu N95.. sabe onde encontro um que funcione? ABS!

  9. […] Para entender como isso é feito, clique AQUI […]

  10. paulo kennedy says: Responder

    Quero comprar mas onde? e quanto? deve ser otimo gravar e mixar as faixas separadas

  11. […] uma máxima muito bem lembrada num dia de gravação de Podbility via […]

  12. Caramba. Que saudade. Não perdia um

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.