Photoshop de áudio… será ?

Quantas vezes na nossa vida não ouvimos de um cliente “então, dá prá pegar aquela música lá e tirar a voz?” ou ainda “então, é aquilo mesmo só que sem aquela parte do solo de saxophone, dá prá tirar né ?“.

Quando temos só um arquivo stereo da música isso é impossível.

Não dá prá retirar “aquele solo de saxophone” ou “a voz daquela música lá“.

Em stereo, com tudo mixado, é impossível.

Já recebi arquivos de áudio de entrevistas finalizadas que o cliente pedia explicitamente prá tirar “aquele som de ônibus” do fundo. Primeiro que não era tão “no fundo” assim, e nem com o Noise Reductor mais sensacional de todos os tempos conseguiria isso sem comprometer a voz da entrevista…

Com isso aqui em mãos não dá prá mudar muita coisa…

O máximo que conseguimos fazer atualmente é retirar algumas frequências, passar alguns filtros para retirar ruídos específicos ou “inverter a fase” prá ver se tudo que está no centro da mixagem (bem no meio da imagem sonora) some e assim conseguimos “tirar aquela voz”.

Mas sempre sobra reverb stereo dos lados… ou a redução do ruído não é extrema para não comprometer o que está “na frente”.

Só conseguimos tirar alguma coisa quando temos a sessão da música aberta, canal por canal, instrumento por instrumento.

Assim é só clicar no “mute” ao lado do cada canal prá sumir com ele…

Sim, até agora.

Ano passado os criadores do Melodyne vieram com uma viagem de correção de tom para músicas já mixadas.

Uma coisa é você pegar a voz separada de um cantor e acertar as notas que ele canta, trabalho que o AutoTune e o Melodyne fazem com maestria.

Printscreen do Melodyne

Outra coisa é pegar uma música mixada e mudar as notas de um solo, por exemplo.

Editar notas individuais de um acorde, ou mesmo mudar as notas da voz do cantor… como no vídeo aqui.

Aí sim eu vi vantagem !!!

Mas se você acompanha esse mercado, esta notícia do Melodyne é velha.

É uma bela perspectiva à frente, mas já está no passado. Tem até trial prá baixar

Agora, imagine você trabalhar no som como se este fosse uma imagem no Photoshop.

Mudar as notas do que está lá é uma coisa, mas criar layers, cortar pedaços, inserir outros, enfim, modificar o áudio como se modifica uma foto é outra completamente diferente.

PARECE que isso será realidade em breve.

Conhecam o Spectral Layers da Divide Frame:

É, gente !

Finalmente poderemos dizer “tudo bem” quando o cliente pede prá tirar aquela voz, trocar aquele sax, tirar aquele ruído de ônibus de fundo.

Tudo bem que os caras ainda estão atrás de investidores, mas que tá tudo aí, tá ! Só falta botar nas ruas !!!

Agora vem a pergunta.

Como ficamos com relação ao autor ?

Se mudarmos o jeito dele cantar, as notas, os acordes e o trabalho pronto e mixado dele… quem vai dar um OK sobre isso ?

Teremos que pedir autorização ? Ou vai continuar nessa zona nebulosa do “eu crio em cima e tudo bem” ???

Fica a pergunta !

Tudo de bom,

Billy.

PS_ Se quiser ver mais vídeos sobre o Spectral Layers, o canal do Vimeo deles está AQUI

5 Replies to “Photoshop de áudio… será ?”

  1. PHOD* em Billy! Tô boquiaberto, sensacional isso aí, e a tua pergunta é válida: vai ser terra de ninguém para quem cria, já que qualquer um vai poder modificar a ponto de deixar o original irreconhecível. Welcome to 21st Century.

  2. CA-CIL-DES!

    Sensasional esse software!
    Pior que já vejo a galera usando principalmente pra tentar tirar a voz de uma música e ficar fazendo trocentas paródias (como foi com a banda mais bonita da cidade) hahahaha

  3. E eu escrevi sensasional! Que burro dá zero pra ele! 😛

  4. Ricardo @Galfurion Junqueira says: Responder

    A tempos penso nisso. Pensava em como fazer algo pra interpretar um gráfico de equalizador e transformar em áudio. Meio que uma engenharia reversa! Bacana demais!

  5. Kras, eu não entendo nada de música, mas fiquei impressionado como a tecnologia está evoluída neste ramo.
    Adoro boas músicas, principalmente as bem feitas…
    Espero logo logo ouvir boas músicas utilizando essa tecnologia…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.