Podcast ADD 2015 – 001 – Apple Music. Prós e Contras.

Voltei.

Ou melhor, o ADD voltou.

Sim.

Só que num formato diferente.

Agora tem um tema na semana, um bate-papo rápido e aí vem as musicas.

Nesta semana vamos falar sobre Apple Music, o aplicativo.

applemusic

Pra isso conversei com o Rodrigo Cunha, da agência Fri.to, que é heavy user de Mac, e testou por algum tempo o Apple Music.

Depois do papo temos música, óbvio.

-Lucero – Watch it Burn (recomendação do Rodrigo)

-Electrosaints feat. Tears for Fears – Shout (2015 Original Revive Mix) (trabalho excelente do Alex Hunt)

-The Weeknd – Can’t feel my face

-Tove Styrke – Borderline (pirei no som dela)

-Major Lazer vs. Jordy Dazz – The Limit to Lean On (um mashup que eu fiz)

E é isso!

https://soundcloud.com/maestrobilly/add-2015-0001

Curtiu? Quer o FEED? Clica AQUI pra pegar e agregar no seu reader ou no iTunes mesmo.

Ou dá download direto AQUI

E semana que vem tem mais.

Sugestões?

Dicas?

Assuntos?

Por favor nos comentários!

Ah, essas musicas todas, menos do Electrosaints que não tá disponível ainda, estão nesta playlist atualizada semanalmente no Spotify.

Tudo de bom,

Billy.

 

3 Replies to “Podcast ADD 2015 – 001 – Apple Music. Prós e Contras.”

  1. Valeu pela citação!

    O que mais me incomoda, é a demora absurda (eternos 3s em média) para começar a tocar músicas em streaming. Isso incomoda mais que a questão de usabilidade.

    Parabéns pelo podcast! Voltou num formato bem bacana!

    Abs

  2. Emerson Ferreira Nogueira says: Responder

    Top. Gostei e que venha mais. Agora tentei estrelar no itunes e não rolou. Ele baixa no itunes mas não aparece para inserir comentários e qualificar. Vou continuar tentando.

    1. Maestro Billy says: Responder

      Emerson,
      Legal que vc gostou, semana que vem tem mais!
      O lance do iTunes ainda tá no processo interno lá.
      Acho que semana que vem tudo estará OK. Aí divulgo o link assim que tiver.
      Valeu!
      Abraços

Deixe uma resposta para Maestro Billy Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.