Unboxing Gemini TT-2000

January 12, 2011 Especial  4 comments

Equipamentos Gemini

Chegaram meus equipamentos da Gemini!

Equipamentos Gemini

Como disse nesse post AQUI, agora tenho a Gemini como parceira em equipamentos. Sou endorse da marca e começo aqui uma série de posts esporádicos sobre os equipamentos que vou usar durante esse ano.

Começando com as pick-ups.

O básico do equipamento de DJ desde que a profissão começou.

Aliás, só prá ilustrar, uma breve história da profissão:

__________________________________________

O primeiro DJ, reza a lenda, foi Jimmy Saville em 1943 na Inglaterra.

Na verdade ele começou a usar dois toca-discos prá não deixar a música parar num club de jazz.

Não é só isso o trabalho de um DJ, mas já foi um começo. E depois ele virou apresentador do Top of the Pops.

DJ mesmo, aquele que usava dois toca-discos e um mixer, mixa no tempo, vira, toca, só surgiu em 1969 com Francis Grasso em Nova Iorque.

O cara descobriu por tentativa e erro que dava prá acertar o tempo de duas músicas e mixar sem o ouvinte perceber que uma música tinha saído e outra entrado. Simples assim.

Francis Grasso

Depois vieram Grand Wizzard Theodore e Grandmaster Flash com o scratch (inventado por acidente) e assim por diante.

Grand Wizzard Theodore

Bom, mas tudo isso eu escrevi prá dizer da importância do toca-discos, ou pick-up.

A base de tudo, onde tudo começou e onde eu comecei também.

Sim, eu sou do tempo em que não existia CD. Nem os normais, nem os com pitch prá DJ.

Era na raça, no vinil mesmo, no braço.

Um case de DJ era mais ou menos assim:

Pensando que cada um desses vinyls da foto acima é um single, que vc não vai repetir nenhuma música, que um remix tem em média 5 minutos de parte usável (o resto é intro e outro) e que cabem 30/35 discos aí dentro, é só fazer a conta que isso servia prá no máximo 3 horas de balada.

E pesava uns 20 quilos.

Prá tocar numa festa de casamento, por exemplo, a gente levava cerca de 100 discos. E só os garantidos…

Cansativo e trabalhoso. Mas bem divertido.

__________________________________________________________

Com esse revival todo de música de vinyl, temos o TT-2000 da Gemini, que é uma pick-up profissional.

O que diferencia a pick-up profissional daquela que vc compra prá usar em casa ?

Primeiro, e mais visível, o PITCH CONTROL.

Esse fader aí da foto, que possibilita você controlar a velocidade com que o prato gira, consequentemente a velocidade da música.

Prá poder “virar” uma música na outra sem sair do tempo.

Em segundo lugar o MOTOR.

Todo toca-disco caseiro tem um motor que gira uma cinta de borracha que gira o prato do toca-discos.

Mais ou menos assim ó:

O motor é externo ao prato do disco.

Isso dá um atraso muito grande na hora de você soltar uma música, pois o torque é menor.

Até o motor fazer a cinta girar a roldana já se passaram segundos preciosos da música e você perdeu o tempo.

Fora que também não dá uma velocidade fixa, dificultando ainda mais a virada.

O toca-discos caseiro tem pequenas variações de velocidade imperceptíveis ao ouvido, mas na hora da mixagem atrapalha e muito.

No caso de uma pick-up profissional, o sistema usado é o Direct Drive, onde o motor fica logo embaixo do prato, girando ele diretamente.

Isso dá um torque maior, uma resposta mais rápida e uma garantia de que o motor não vai variar de velocidade por causa de uma cinta de borracha.

Então vamos abrir a caixa do equipamento !

____________________________________________________________

Vem numa caixa robusta e bem isolada

Vem numa caixa robusta e bem isolada

Tudo separado em plásticos e o papel da garantia. Importante!

Tudo separado em plásticos e o papel da garantia. Importante!

Tudo vem separado. Base, prato, feltro, agulha, peso e cabos

Base, prato, feltro, agulha, peso e cabos

Tudo já sem os plásticos, pronto prá montar

Tudo já sem os plásticos, pronto prá montar

Pick-up montada, mas ainda sem o peso do braço.

Pick-up montada, mas ainda sem o peso do braço.

Detalhe do braço com peso, pitch e controles de velocidade

Detalhe do braço com peso, pitch e controles de velocidade

Detalhe dos dois botões Play/Pause

Detalhe dos dois botões Play/Pause

O posicionamento desses dois botões é bem interessante. Dependendo de como você toca, você pode colocar a pick-up do jeito comum, com o braço “olhando” prá você, ou você pode colocar na vertical, com o braço acima do prato, prá não atrapalhar na hora de fazer scratch.

Muito bom !

O preço aqui no Brasil está em torno de R$899,00.

E ela pode funcionar como controladora do Serato. é só ter os vinyls do Time Code.

Vejam este vídeo do Alex Hunt usando uma delas prá fazer scratch controlando um Serato lá na Expomusic 2010. E ainda ensinando o pequeno são-paulino a base de tudo.

É isso aí!

Mais informações e vídeos em breve.

Tudo de bom,

Billy.

PS_ Só complementando, a TT-2000 tem pés de borracha reguláveis e independentes, prá acertar o equipamento em qualquer tipo de mesa e ainda absorver vibrações do ambiente. Nada mais chato do que tocar perto das caixas de som e o grave fazer sua agulha pular !!! hahahaha

4 comments to Unboxing Gemini TT-2000

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>