10 segredos para se comprar um bom Fone de Ouvido

Seguindo a sugestão do meu amigo @heitorvidinhas, eis aqui algumas dicas para comprar e ter um bom fone de ouvido.

Muita gente me pergunta qual um bom fone de ouvido prá comprar.

Bom, vamos lá.

Prá começar eu não vou falar aqui de fones “in-ear“, tipo aqueles que vem com o iPod.

Aquilo serve prá você correr e não cair o fone, me machuca o ouvido (não a orelha, o ouvido mesmo, a parte interna), e se não for bem cuidado é um repositório de bacterias e micróbios (nunca compartilhe seu “ear-in” com ninguém!!!!).

Tudo bem que tem gente que gosta e usa muito. Eu não gosto, vou falar de fone que cobre toda a orelha ou parte dela, os fones que penso aqui são aqueles que protegem sua orelha, ou seja, os não-invasivos…

Para escolher e comprar um bom fone de ouvido depende, é óbvio, de alguns fatores a saber:

01-Preço

Quanto vc quer gastar ? Isso não é o mais importante.

Antes de pensar nisso, pense que seus ouvidos são sensíveis e que qualquer perda auditiva que você venha a ter devido a sons altos, ruídos, etc, não voltarão com o tempo.

Ou seja, perdeu, perdeu.

Ficou surdo.

Eu mesmo com o uso constante de fones em baladas, onde o som é alto prá dedéu e tenho que aumentar ainda mais o fone prá tentar ouvir a música que eu quero virar já tenho alguns problemas de audição no ouvido direito (-3dB na região dos agudos acima de 6.500 Hz).

Por falar nisso, primeiro as pessoas perdem os agudos, depois os graves e depois os médios… não me pergunte a lógica por trás disso, é melhor perguntar pro seu médico.

Então, voltando ao preço.

20 pilas tá bom ? Excelente, mas o fone é bom ? Vai durar ?

75 reais é um bom investimento ? Teoricamente sim, mas teoricamente não.

O preço não pode ser fator determinante para a compra do fone…

Por exemplo, o que eu uso atualmente, o HD-25 da Sennheiser, tá à venda AQUI. Caro? É um excelente fone!

Fone bom, acima de tudo, é aquele que:

02-Se encaixa direito na sua cabeça

Não adianta ter um fone barato que fica folgado ou aperta muito sua cabeça.

03-Não aperta as orelhas

Não existe nada pior do que usar fone o dia inteiro e acabar com a orelha vermelha e fervendo porque o fone tá te apertando. Além do quê acaba te machucando a longo prazo.

04-Não raspa na orelha

Além de não apertar, tem que ver se a proteção interna do fone não fica raspando nas dobras da orelha. Isso pode criar um machucado horrendo e purulento a longo prazo também.

05-É leve

Se você quer ser um “massive user” de fone, ele tem que ser leve. No final do dia seu pescoço vai agradecer…

06-Tem almofadinha mole

O envoltório do fone, aquela parte que realmente fica em contato com sua cabeça, tem que ser mole, maleável, como se fosse uma almofada mesmo. Duro só machuca a volta da orelha.

07-É harmônico quanto a graves, médios e agudos

Não compre um fone “que tem um gravão” porque você perde a referencia do que é grave e acostuma seu ouvido a ouvir música cada vez mais grave. O fone tem que ser harmônico. Se uma música tem mais agudo do que grave isso tem que aparecer no fone. Esqueça o conceito “som de carro que treme o chão”. Isso é bom prá competição de tuning, péssimo para suas referencias e pro seu ouvido no final de tudo.

08-Impedância

Veja isso na caixa do seu fone. Mesmo que seja errado ouvir som alto, muita gente ouve som alto. A impedância é o quanto aguenta o fone na hora de subir o volume.

O famoso “aguenta porrada?”.

Mesmo que você não ouça alto, uma impedância alta dá maior clareza ao som baixo. Os fones profissionais tem 64 ohms em média. Um bom número já é 25 ohms. Abaixo disso não vale a pena.

Esse aqui tem 64 ohms de impedância. Veja o símbolo.

09-Tem fio comprido ou é sem fio

Uma coisa ou outra. Se for sem fio, veja onde você vai ouvir músicas com fone, se cabe uma conexão sem-fio e se ela não tem interferência de outros aparelhos no local. Na dúvida compre um com fio grande, nem que você tenha que fazer uma amarração no fio prá usar perto do computador. Se por acaso for levantar da mesa e quiser continuar a ouvir música, o fio tem que ser comprido. No mínimo 2 metros de fio. Não compre aqueles com fio auto retrátil. É um saco o fio te puxando para a conexão o dia inteiro. Irrita a curto prazo. E tem aqueles com fios tipo de telefone antigo. São ótimos.

10-Tem opção de conexão

O plug do fone é aquele pequeno (bananinha) com encaixe para o conector grande (banana). Se for ouvir no computador usa o plug pequeno, se for ouvir no DVD ou som de casa usa o encaixe grande. Tem que ser um encaixe que faça um “click” toda vez que você usar. Senão fica escapando e é um saco também… ou seja de rosquear como na foto acima.

Acho que é isso.

Se você conseguir um fone que junte todas estas características e que caiba no seu orçamento, pode comprar.

O fone que eu uso aqui é este, da Sennheiser.

Leve, cancela ruído, resposta sonora ótima e uma impedância bem boa.

Bom, espero ajudar sua futura compra de um bom fone de ouvido.

E quando você comprar seu fone, cuide muito bem dele!!!

Guarde sempre num lugar longe do calor, passe um pano, mantenha o couro dos pads de ouvido bem hidratados, leia o manual para saber como deixar ele sempre como novo!!!

E aproveite. Uma boa é pegar vinil antigo ou CD e ouvir nos fones. Se você está acostumado a ouvir mp3 vai se surpreender com a quantidade de som que você não ouve por causa da baixa qualidade (do fone e do mp3).

Eu lembro que adorava ouvir Ozma, If I only had a heart em mp3.

Comprei o CD e ouvi com o HD280. O que apareceu de sons diferentes foi incrível! A percepção da mix também foi outra.

 

Divirta-se!!

Abraços,

Billy.

 

22 Replies to “10 segredos para se comprar um bom Fone de Ouvido”

  1. Boas dicas principalmente na parte de impedância. Eu tenho um Sony MDR-XB500 e tem 40 ohms. É bem agradável ouvir um Lindsey Buckingham por exemplo 🙂

    VQV

  2. Heitor Vidinhas says: Responder

    Billy, matou a pau!

    Sensacional o post, claro direto e com muito conteúdo!

    Tá de parabéns! Vou repassar para amigos que são cheios de dúvidas!

    Abs!

  3. Há 3 anos comprei um HD 202, indicação tua e achei SHOW DE BOLA!
    Infelizmente estragou o cabo dele e agora é hora de comprar outro: provavelmente esse HD 280 aí.

    =D

  4. Ótimas dicas, comprei um SMS STREET by 50 semana passada e estou muito satisfeito com ele.

    Abração

  5. Sensacional, Billão.
    Agora sim, posso mandar o seu link em vez de explicar porquê comprei o Senheiser Hd205, que vc me indicou
    O pessoal fica achando que eu entendo das coisas. Hahaha

    Cara, me lembro que assim que comprei coloquei um cd d musica country que tenho e percebi que tinha uns 3 violinos na musica. Nunca havia percebido.
    Outra coisa bacana foi que baixei uma coletanea do MJ em flac.
    Qur isso???
    Absurdo.
    Parabens. Vc eh o cara.
    Abs

  6. Eu tenho usado 2 fones (que não são in-ear) O Bose Quiet Confort 15 que tem Noise Cancelling lindo e um outro AKG K141Studio velhinho que é bem legal mas que depois de um tempo usando, ele aperta um pouco se você usa óculos. O som de ambos é fantástico.

  7. Adilson Cunha says: Responder

    …muito boa essas dicas sôbre fones de ouvido…estou precisando comprar um e vou segui-las….muito obrigado, abraços!

  8. Acabei de comprar esse fone Bose com noise reduction que o Sollero falou. Eu o chamo carinhosamente de “minha pequena bolha de silêncio”. Coisa Linda de Deus™.

  9. Apenas um esclarecimento técnico: para haver a maior transferência possível de potência entre o aparelho gerador de áudio e os fones de ouvido, a impedância de ambos deve casar. Ou seja: se a impedância de saída de um MP3 Player for 64 ohms, o melhor fone de ouvido a ser usado nele será um com 64 ohms de impedância.

    Acontece que raramente estas informações são disponibilizadas, então a regra é clara: compre o fone de ouvido com a maior impedância que puder encontrar. Isso evita que o filtro passa-alta criado pelo capacitor de desacoplamento DC do gerador de áudio e a impedância do fone elimine as baixas frequências do som.

    Meus 2 cents. 🙂

    1. Maestro Billy says: Responder

      Valeu Vinny!

  10. Jose Guilherme says: Responder

    Eu indico um in-ear bom e barato: Koss The Plug. Ele tem bom isolamento e eh barato no ebay…

  11. E impedância é a medida da oposição de um circuito eletrônico à passagem da corrente elétrica. Sim, essa é a mesma definição de resistência. Que nada mais é que um caso particular de impedância. 🙂

  12. Grandes dicas!
    Tenho um Sennheiser HD202 e acho ótimo: http://www.sennheiserusa.com/stereo-headphone-jack-504291

  13. […] Quer saber como escolher um bom fone de ouvido? Clique AQUI […]

  14. Billy, eu vejo e separo fones com duas utilidades. Uso em casa ou estúdio e uso profissional. O de casa ou estúdio tem que tem, além de conforto, qualidade sonora. A impedância o amigo Vinícus já explicou e deve ser observada. Jà para uso profissional, o bicho tem que ter resistência. Vai pra mesa, volta, é pendurado no pescoço, sai do pescoço, abre, fecha… A qualidade sonora deste fone não requer muuuuita qualidade de som, na minha opinião pessoal, mas não pode ser uma “caixa de abelhas” também. Em casa, um AKG, extremamente confortável, com qualidade sonora (balanço entre graves, médios e agudos) e isolamento acústico excelentes. Para uso profissional, Technics (clássico dos DJ’s). Baitabraços, meu velho!

  15. […] E se você tem dúvidas em como escolher um bom fone, aqui tem algumas dicas. […]

  16. Não comprem FONE BEATS!!!

  17. Perfeita explicação!
    Amei a música emm, um belo rock alternativo… curtindo… 🙂

    1. Opa, valeu!
      Se tiver mais duvidas, estou por aqui. 🙂

  18. Sensacional, tudo muito objetivo e claro… muito bom o post.

  19. Obrigado pelas dicas. Uma vez me disseram que um fone com 60ohm era ruim para usar em PCs e notebocks ou smartfones, Teria que ser para um equipamento mais potente. Nada a ver então.

    1. Oi Dorotéo,
      Então. Como regra geral, os fones de ouvido de maior impedância exigem mais energia da saída de fone de ouvido da sua interface do que os fones de menor impedância.
      Quanto a “esse modelo será barulhento o suficiente para mim” isso vai variar um pouco de pessoa para pessoa, mesmo para o mesmo modelo de unidades e fones de ouvido, pois há outros fatores a considerar (quão alto é a fonte material que você estará ouvindo, quão quieto / alto é o ambiente que você estará ouvindo etc.).
      Abraços.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.